Herbário Póetico

Espaço destinado a divulgaçao de: Receitas, Crenças. Misticismo Chás, Ervas&Aromas. Medicina Convencional Fitoterápico e Alternativo! Tudo que se relaciona com coisas naturais! Sem fins lucrativos. Nosso prazer e ver você informado. Agradecemos sua visita! Volte Sempre!

Inteligentes &Perpicazes

Total de visualizações de página

sexta-feira, novembro 06, 2009

CONFREI


Nos últimos cem anos já foi considerado capaz de evitar as carências alimentares de todos os seres humanos e de curar todas as doenças. Há pouco tempo, entretanto, foi considerado cancerígeno, e desde então existem opiniões antagônicas a seu respeito.
Alguns médicos embora não neguem sua eficácia - o Dr. Eduardo Peixoto, diretor do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde é um deles - aconselha a suspensão de seu uso até que se confirme ou não a existência de efeitos colaterais. O Dr. Marcial Ribeiro chega inclusive a citar experiências com ratos feitas na Universidade de Tóquio, Japão: em 600 dias estes animais apresentaram neoplasia no fígado. No caso do Homem, supõe-se que esse efeito só pode ser constatado depois de 15 a 20 anos de ingestão ininterrupta de confrei. A Farmacolocista Jurema Paes Leme, no entanto, contesta tal suposição, afirmando que para contrair tumores hepáticos um homem de 60 kgs teria que ingerir quatro xícaras de chá por dia durante 140 anos. Já o prof. Dr. Walter Accorsi, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP Piracicaba), que vem receitando confrei aos seus clientes há muitos anos, acredita que esta planta não cause mal algum. E o farmacologista Antonio Carlos Neder, da Unicamp, que tem feito uma série de experiências que comprovam as virtudes do confrei como cicatriznate e curativo, não observou até agora nenhum efeito nocivo desta erva.

Há muitos séculos é usado na Ásia como ração para os animais e sempre foi considerado a planta que "solda os ossos". Realmente age quase sempre como um "cola-tudo" em relação aos ossos, mas é perigoso quando se trata de ferimentos tipo úlcera. Cicatriza tão depressa a parte externa da pele que muitas vezes o processo inflamatório continua por dentro. Mesmo assim foi usado pelas tropas romanas, pelos cruzados e por todos os exércitos europeus até a Primeira Guerra Mundial.

O confrei faz parte da relação de 21 plantas cujas propriedades terapêuticas estão sendo analisadas pela Central de Medicamentos (Ceme), órgão do Ministério da Previdência Social. A ele atribui-se a capacidade de não só curar e cicatrizar feridas mas também consolidar fraturas com prodigiosa rapidez. Considera-se ainda que o chá preparado com as folhas e raízes funciona beneficamente nas doenças pulmonares, inclusive as graves como pneumonia e tuberculose, além de estancar a hemorragia de pulmões, estômago e intestinos. Em alguns casos, conforme fontes categorizadas, tem sido empregado com êxito contra tumores malígnos e úlceras progressivas.




Um comentário:

  1. Excelentes informações sobre o Confrei, parabéns pelos autores e colaboradores do artigo.

    ResponderExcluir

Reflexão

Estou aprendendo que a maioria das pessoas não gostam de ver um sorriso nos lábios do próximo.Não suportam saber que outros são felizes... E eles não! (Mary Cely)